Já se passaram alguns anos. E a história não muda.
Uma espécie de vira o disco e toca o mesmo. Ainda que as paisagens e as personagens alternem, variem consoante a estação. Padrões atrás de padrões, e por aqui, sem se saber como mudá-los.

Anos e anos a tentar ser uma personagem das várias histórias que compõem esta vida. Notas e rabiscos nas margens das histórias de outras vidas. Muitas vezes um segredo, apenas uma lembrança "Estive por aqui, não me esqueças."

E o tempo passa. E as pessoas são cada vez mais difíceis. Quem muda? Porquê mudar?

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A última vez | The Last Time

Desabafo de pouca monta, ou As voltas que esta cabeça dá: